Proibida pela Justiça, Marcha da Maconha reúne 50 em SP

Policial conversa com manifestantes enquanto um dos cartazes aparece na grama do parque. Segundo a determinação da Justiça, foi proibido levantar faixas e cartazes

Policial conversa com manifestantes enquanto um dos cartazes aparece na grama do parque. Segundo a determinação da Justiça, foi proibido levantar faixas e cartazes

Cartaz pedindo democracia é colocado no chão enquanto policiais e manifestantes conversam. Não houve confronto

Cartaz pedindo democracia é colocado no chão enquanto policiais e manifestantes conversam. Não houve confronto

Policial mostra a participante da Marcha da Maconha, em São Paulo, ofício da Justiça paulista que impede a manifestação. Mesmo proibida, a marcha reuniu, de forma pacífica, 50 pessoas no Parque do Ibirapuera
Policial mostra a participante da Marcha da Maconha, em São Paulo, ofício da Justiça paulista que impede a manifestação. Mesmo proibida, a marcha reuniu, de forma pacífica, 50 pessoas no Parque do Ibirapuera

A matéria publicada pelo site Terra dá conta de apenas 50 manifestantes em marcha pela legalização do uso de maconha. Fico feliz por nessa notícia. Ainda bem que o número de manifestantes foi tão baixo. Será que essa gente que luta pela legalização do uso da maconha não percebe os estragos que as drogas fazem nas famílias, nos jovens e o número de mortes e crimes que temos tido notícia na televisão e mídia em geral por causa do uso de drogas e a estabilização de um poder paralelo controlando favelas, matando a troco de nada e esse mesmo sistema usa o dinheiro da droga para financiar crimes hediondos?

 Por outro lado fico tremendamente triste que esses manifestantes associem DEMOCRACIA com o direito legal de fazer o que quiserem produzindo uma série de prejuízos para a sociedade de modo em geral. Democracia é um governo organizado para lutar pelo bem comum com a participação do povo e para o bem de todos. O uso de drogas é um mal tremendo para a sociedade. Como também o é o vício do tabaco e da bebida. Só não sei o motivo que não se faz campanha de abstinência para o uso de bebida alcoólica como se tem feito pelo não uso de tabaco. Qualquer droga abre a porta para outra droga e para toda sorte de crimes. Veja-se os índices alarmantes de  “homicídios” no transito cometidos por aqueles que fazem uso de bebida alcoólica.

 Fico igualmente feliz pela a justiça ter impedido essa aberração que pede a destruição de famílias e vidas e estabelece mais ainda o poder do crime organizado. Jovens de mente tão brilhante deveriam estar lutando pela eliminação do uso de drogas e não o contrário.

 CONHEÇA OS BLOGS DO PASTOR LUIZ FLOR:

www.pulpito.blog.terra.com.br

www.poesiadegraca.blogspot.com

www.luizflor.wordpress.com (Recanto da Alma)

 

QUER FALAR COMIGO? USE MEUS E-MAILS:

Luiz-flor@hotmail.com e Luiz-pastorflor@hotmail.com

Published in: on maio 4, 2009 at 3:30 pm  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://luizflor.wordpress.com/2009/05/04/proibida-pela-justica-marcha-da-maconha-reune-50-em-sp/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: